Pesquisa aponta que o café faz bem para a memória

Cada vez mais o café se mostra um grande aliado à saúde. Tempos atrás mostramos aqui no blog que o café evita problemas cardíacos e aumenta a longevidade, agora, um novo estudo descobriu que a cafeína faz bem para a memória.

 

A pesquisa, realizada pela Universidade John Hopkins e publicada pela revista científica Nature Neuroscience,  testou 160 pessoas. Elas foram divididas em dois grupos distintos e submetidas a testes que envolviam a observação de imagens genéricas.

 

Depois de cinco minutos, um dos grupos ingeriu placebo enquanto o outro pílulas contendo 200 mg de cafeína, equivalente a uma caneca de café. Após 24 horas, os dois grupos passaram por outro teste, tendo que reconhecer as fotos vistas anteriormente (misturadas a outras com pequenas alterações).

 

O resultado?

 

O grupo que recebeu cafeína teve um desempenho melhor do que os que ingeriram placebos – pois apresentou um maior número de pessoas que reconheceram imagens semelhantes.

 

A capacidade de diferenciar imagens semelhantes, porém não idênticas, mostra um nível mais profundo de retenção na memória. O resultado da pesquisa mostrou que os voluntários que consumiram cafeína conseguiam identificar melhor as imagens parecidas.

 

O líder do estudo, Michael Yassa, concluiu que a cafeína faz bem para a memória de longo prazo ao melhorar o processo de consolidação da memória. Além disso, ficou comprovado também que a cafeína não ajuda a recuperar a memória.

 

Agora o próximo passo do estudo é analisar o que acontece no hipocampo, o “centro de memória” do cérebro, para tentar compreender o efeito da cafeína. Mas enquanto isso não acontece, que tal tomar uma boa xícara de café?