Blog

Home office: 5 dicas para ser o gestor que a sua equipe merece

Diante da crise imposta pelo Covid-19, os trabalhadores estão sendo obrigados a aderir à flexibilidade e encontrar novos métodos para trabalhar. O home office se tornou o principal método de trabalho para o negócio seguir adiante. Entretanto, há profissionais que nunca tiveram essa experiência e estão sendo forçados a trabalhar de casa.

 

O trabalho remoto para os gestores é um grande desafio, principalmente para os que ocupam um cargo de liderança. Eles precisam se desdobrar para entender como ajudar seus colaboradores e manter a efetividade do negócio, enquanto todos se adaptam a uma forma diferente de trabalho.

 

Como criar um grupo comprometido e unido quando todos estão em locais diferentes e construir uma cultura positiva de liderança e apoio a distância? Existem estratégias que auxiliam a realizar uma gestão de equipes eficiente. Confira neste artigo.

 

HOME OFFICE X PRODUTIVIDADE

O home office é uma expressão inglesa que define os trabalhos realizados de maneira independente, fora do escritório formal da empresa. É uma metodologia com ritmo de crescimento nos países por trazer rentabilidade às empresas, bem como a redução de custos e o aumento da produtividade da equipe.

 

Hoje, não existe aquela caracterização de que o home office é sinônimo de prostração. Há indícios que provam o contrário.

 

Segundo um estudo do FlexJobs, 76% dos trabalhadores norte-americanos preferem executar suas tarefas fora do escritório. Outra pesquisa, também informa que 86% dos colaboradores atingiram o máximo de produtividade quando trabalhavam sozinhos.

 

Mas o que ocasiona essa produtividade? Diversos fatores podem contribuir como:

 

  • A diminuição do estresse causado pelo trânsito ao se deslocar para o escritório;
  • A otimização do tempo e melhor organização das tarefas ao longo do dia;
  • A flexibilidade do trabalhador estar focado na entrega das atividades, e não em cumprir um horário fixo pré estabelecido;
  • A possibilidade de ter mais tempo para cuidar da saúde em casa
  • O fortalecimento da autonomia em suas funções do dia a dia

 

Trabalhar remotamente aumenta a qualidade de vida do funcionário, o que reflete diretamente no seu trabalho. Mas para isso acontecer, o gestor deve confiar na sua equipe.

 

COMO FAZER UMA GESTÃO DE EQUIPES EFICIENTE NO HOME OFFICE?

O gestor precisa delegar, planejar e demonstrar objetividade nas demandas. Se você está enfrentando dificuldades com o gerenciamento de equipes em home office, confira 5 dicas para auxiliar na construção de um ambiente de trabalho produtivo:

 

#1 A comunicação é fundamental

Realize uma comunicação verdadeira e transparente que compartilhe a realidade e enfoque na missão e no propósito da empresa. Faça reuniões de planejamento semanais com o time e encontros diários para repassar as tarefas realizadas no dia, o chamado “daily” (nomenclatura nas metodologias ágeis de gestão de equipes). Adotar essas ações facilita a organização da rotina do trabalho e a prioridade das entregas.

 

#2 Incentive a autonomia de seus colaboradores

É o momento de se concentrar no resultado, e não em cada atividade específica ou no número de horas que o colaborador está trabalhando. Incitar a autonomia no trabalho promove o desenvolvimento do profissional pela independência de realizar as atividades com qualidade, tornando-os mais responsáveis.

 

#3 Realize feedbacks

O feedback é uma ferramenta importante no processo de integração entre líder e o colaborador, pois permite criar uma relação de confiança alinhada ao desenvolvimento profissional e os objetivos da empresa. Ele desenvolve a alta performance e direciona o trabalho. Apresente os resultados esperados, defina responsabilidades e os prazos, deixando o funcionário próximo a cultura organizacional da empresa.

 

#4 A pausa é essencial para o engajamento

Outro aspecto que motiva os colaboradores e o desempenho no trabalho é a promoção de pausas para o café. Faça videoconferências durante os intervalos, estimulando a interação entre a equipe, e utilize esse momento como uma oportunidade de conhecer mais de cada um. A socialização é fundamental na vida profissional, tornando a rotina mais agradável e produtiva. Um estudo da Breaking Barriers 2020 sobre o futuro do trabalho, mostra que 86% dos trabalhadores acham importante a interação pessoal.

 

#5 A inteligência emocional é o mantra para bons resultado

A inteligência emocional está entre as habilidades mais buscadas pelos colaboradores, pois as emoções refletem em todos os âmbitos da nossa vida, principalmente no trabalho. O gestor deve promover seu autoconhecimento e amadurecimento emocional para incentivar sua equipe e impactar positivamente os resultados das organizações. Desenvolver essa competência permite lidar melhor com situações de estresse, momentos de crise e reagir bem a situações de pressão, aspectos importantes para a manutenção da produtividade durante a Pandemia.

 

Há uma tendência de que mais empresas brasileiras adotem o home office após a pandemia, como aconteceu na China. Estudos apontam que pelo menos 30% assumirão de forma permanente essa modalidade.

 

Quem utiliza desse modelo de trabalho ganha vantagem competitiva, conquista a produtividade e satisfação dos funcionários. Mas para ele funcionar, o gestor deve promover a comunicação, o engajamento e a saúde do trabalhador. Ao investir nesses fatores, você contribuirá para a construção de um profissional de referência e qualidade que coopera com o bem-estar da equipe.

 

Caso tenha dúvidas ou precise de novas ideias sobre gestão e eficiência no trabalho no home office, acompanhe nossas redes sociais: Facebook, LindekIn e Instagram.



CONTRATE AGORA